sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Eu sou Teu...

Quem sou eu? Para que o Senhor de toda a terra
Se importaria em saber meu nome?
Se importaria em sentir minha dor?
Quem sou eu? Para que a brilhante estrela da manhã
Escolhesse iluminar o caminho
Para meu coração vagante?

Não por causa de quem eu sou
Mas por causa do que tens feito
Não por causa do que eu tenho feito
Mas por causa de quem tu és

Eu sou uma flor que logo desbota
Aqui hoje e amanhã não existe mais
Uma onda quebrada no oceano
Um sopro no vento
Tu ainda me ouves quanto eu te chamo?
Senhor, tu me seguras quando estou caindo
E tu me dizes quem eu sou
Eu sou teu, eu sou teu

Quem sou eu? Para que os olhos que vêem meu pecado
Me olhem com amor e me vejam reerguer?
Quem sou eu? Para que a voz que acalma o mar
Me chame através da chuva
E acalme a tempestade em mim?

Eu sou teu,
A quem temerei?
A quem temerei?
Já que eu sou teu
Eu sou teu